domingo, 2 de agosto de 2009

Quem canta reza duas vezes.

Bom, como todos os meus amigos sabem eu sou movida a música, mas música de qualidade. E isso significa que? eu AMO A MÚSICA CATÓLICA.
Nós católicos temos todos os generos musicais que podemos imaginar, desde canto gregoriano à hip hop. Temos vários ministérios de música excelentes e alguns começando, mas com humildade se chega lá.
Só que eu não consigo entender o porque ainda tem ministérios de músicas que cantam músicas protestante na hora da missa e de preferência na hora da SANTA COMUNHÃO. Eu não consigo entender. A Toca de Assis só faz música pra Adoração, o Missionários Shalom fez um CD só com música de missa... e pq tem que cantar música de um povo que vive falando mal da igreja católica? não entendo, sinceramente não consigo entender.
Fala de Deus? sim! fala! mas o Encardido também fala o nome de Deus, e aí?
Será que ninguém parou pra pensar que na hora da Santa Comunhão Jesus está ali, se doando dinovo aí você músico esta cantando uma música totalmente anti litúrgica como aquela praga (sim, pra mim aquilo é uma praga.) "ENTRA NA MINHA CASA, ENTRA NA MINHA VIDA." nossa é bem legal isso ?
Hoje na santa missa eu não me contive, chorei! chorei de tristeza... vê o meu Senhor ali e com uma música protestante de fundo.
Fiquei imaginando São Padre Pio no céu, se contorcendo todo... pq ele era crica viu! acho que eu tenho a quem puxar... se ele ficava bravo pq na hora da consagração alguém olhava no relógio imagina ele vendo alguém cantar uma música que não é baseado na nossa fé?
Tá, mas pode vim alguém que lê esse artigo e fala: Mas e o ecuminiso??? Engraçado! eu não vejo nenhum protestante cantando uma música católica, pq nós temos que cantar uma música deles? Ao contrário o que vemos é a Ana Paula Valadão falar que o Vaticano é a Babilonia, isso é ECUMENISMO????
Eu acho assim... CADA UM NO SEU QUADRADO SABE???
Não tem essa de ficar misturando não, até porque quem dividiu a igreja acabou se arrependendo depois...
Vamos colocar a mão na consciência e o joelhos no chão pra rezar e pensar um pouquinho.
Você andaria com alguém que fale mal da sua mãe? Não ? então...
Gente vamos valorizar a nossa igreja... a nossa mãe... é e com coisas pequenas que começamos...ou vocês acham que São Francisco de Assis começou com uma básilica?
Me falaram hj: "Nossa Michelle, mas você se preocupa com coisas tão pequenas!" mas é com coisas pequenas que tudo se começa...
E minhas lágrimas, não me arrependo de derramar não! pq não é nem a metade do sangue que nossos santos derramaram pela a IGREJA.

Pronto! desabafei...

E pra fechar um trechinho de uma música do MISSIONÁRIOS SHALOM.

"...Sei em quem coloquei a minha Fé!
O meu Deus é o meu escudo, minha força e proteção.
Não temerei...Não temerei..."

Paz e Bem!

Michelle Neves.

3 comentários:

  1. Arrasou! Adorei!!! Assino embaixo!!! parabéns! E estou na luta contra este falso ecumenismo que parte somente de nós. Sabemos, mais que nunca, como os católicos são vistos!! Então, viva a Igreja católica! 2000 anos de história não podem ir para o saco... Nasci na época errada... Vovó qdo ia a missa não ouvia blasfêmia na hora da comunhão... Afinal, eles nem existiam aqui no Brasil!

    ResponderExcluir
  2. Olha, uma postagem de muito boa qualidade, entretanto, acho que essa questão do Ecumenismo deve ser observada de forma diferente.
    Tenho MUITAS AMIGAS PROTESTANTES, apesar de cultivar uma espécie de orgeriza em relação a religião delas, e a alguns comentários/ críticas que tecem acerca da Igreja Católica. Gosto sempre de deixar bem claro (e com alguma rispidez) que não devem me desrespeitar nesse âmbito. Falamos muito de Deus! Mas assim que me convidam pra algum evento na igreja delas (se é que se pode chamar esses aglomerados protestantes de igrejas...) evidencio que eu não as convido para não passar pelo constrangimento de ser convidada...
    Acho que o Ecumenismo verdadeiro consiste no fato de conseguirmos manter alguma comunicação pacífica com os protestantes, fazendo o que Jesus faria se estivesse aqui e diante deles. E essa comunicação não pode ser inútil, deve levar os protestantes perceberem a beleza do Catolicismo, a verdade da Palavra que não se manifesta através de sopros de doutrina (as partes que mais convém); consiste em fazê-los perceber que os dons do Espírito Santo (especialmente o domínio próprio, o dom de ciência, de fortaleza) se manifestam integralmente na Igreja Católica Apostólica Romana.
    Imagino que tenho conseguido esse ecumenismo com alguns protestantes, pelo simples fato de perceber que quando eles estão passando por tribulações, tem a confiança de me pedir um conselho, que eu ore e até reze por eles... Ainda que não comentem, eles sabem que eu pedirei a Maria que interceda a Deus por eles e, ainda que sejam filhos rebeldes, possam compreender as maiores virtudes através de nossa Mãe: a virtude se silenciar, bem como a de se colocar a serviço de Deus SEM RESERVAS, e ainda que na pobreza (já que eles se importam tanto com a prosperidade; como se não acreditassem que Deus se revela nos pobres e os abençoa tanto quanto a quaisquer de nós).

    ResponderExcluir
  3. eu acho que não é necessário que a igreja católica toque músicas nda a ver com a nossa religião já que temos tantos cantores ótimos como Rosa de Saron,Anjos de Resgate,Grecco E ETC.
    SÓ ISSO.

    ResponderExcluir